Marcel Munhoz Garibaldi

Marcel Munhoz Garibaldi

Advogado mmunhoz.jus.com.br

  • Salvador, BA
  • 49185/BA

Perguntas, Respostas e Comentários de Marcel Munhoz Garibaldi

  • respondeu em venda de imóvel em usufruto vitalício

    Terça, 21 de agosto de 2018, 10h20min Imóveis

    De forma bem objetiva, vc só tem direito de utilizar o imóvel. Nada mais.
    Você não é proprietária. É somente usuária.

    Não são suas filhas que devem autorizar a venda, pq o imóvel é delas e elas não precisam disso.
    E caso seja feita a venda, o dinheiro obtido será somente DELAS.


    Quanto ao usufruto, existem duas possibilidades. Uma é a que Fauve já explicou, onde caso o imóvel seja vendido e o usufruto mantido, o novo proprietário não poderá utilizar o imóvel antes que a senhora venha a falecer, pois o direito de uso vitalicio é seu.

    Uma segunda opção é, suas filhas vendendo esse imóvel, terão que adquirir outro de forma obrigatória, e nele deverão registrar a transferência do usufruto vitalicio ao seu nome. Nesse caso, os direitos são mantidos iguais: a propriedade de suas filhas e o somente o direito de uso em seu nome. Mas agora em um novo imóvel.

  • respondeu em Querendo ingrupir o consumidor

    Segunda, 20 de agosto de 2018, 22h35min Consumidor

    Se você não tem o recibo que comprova o pagamento, terá de pagar outra vez.

    Se eles dizem que a conta não foi paga e você não tem como mostrar o comprovante de pagamento, é simples: a conta não foi paga.

    Seu extrato bancário, como vc diz, não prova o pagamento de uma dívida, mas uma compra.

  • respondeu em O QUE FAZER????? ALGUÉM ME AJUDA POR FAVOR!!!

    Sexta, 10 de agosto de 2018, 22h32min FamíliaCartórios

    Existem algumas opções.

    Uma delas é: Case-se com os documentos tal como estão.
    Depois corra atrás de mover a ação judicial de reconhecimento de paternidade post morrem. Reconhecida a paternidade e inserido o nome de seu pai no documento, averbe a certidão de casamento para corrigir as informações lá também.

    Outra opção seria tentar, pela via judicial, reconhecer o erro do cartório, e pedir a validação do documento que vc já tem em mãos, onde consta o nome do seu pai.

    Aqui na Bahia, qq das opções vão levar muito tempo. O tribunal de justiça daqui está um deus nos acuda.

  • atualizou uma resposta em Valor da causa na obrigção de fazer!!

    Quinta, 09 de agosto de 2018, 12h35min Outros

    Mais um motivo para não estar aqui pedindo ajuda.
    Se é estudante de direito tem por obrigação saber buscar as respostas para suas dúvidas e obrigação de respeitar sua futura profissão.

    E aprendera que a arrogância às vezes é necessária para combater os espertos que tentam se aproveitar do conhecimento que nos custou tão caro conseguir.

    Abraços.

  • atualizou uma resposta em Valor da causa na obrigção de fazer!!

    Quinta, 09 de agosto de 2018, 12h19min Outros

    Obrigado pela sua falta de respeito em achar que nosso conhecimento técnico foi achado no lixo, que não custou nada, para sairmos distribuindo gratuitamente.


    Por um acaso vc, qdo fica doente, faz uma pesquisa no Google, descobre o remédio que tem que tomar e vai no consultório médico e pede um “favorzinho 0800” pro médico em assinar uma receita?


    Se vai construir uma casa e precisa de uma planta, vc faz os rabiscos e leva pra um engenheiro “fazer a gentileza” de só bater um carimbo e assinar a planta?

    Pq vc acha que um advogado é diferente de qualquer outro profissional e deve lhe dar orientações gratuitas?

    Tenha, pelo menos bom senso e respeito pelo trabalho alheio. Procure um escritório e pague o profissional, pelo menos pela consulta, para lhe explicar como peticionar e indicar o valor da causa.

Precisa de Advogado?
Do u need lawyer